Quando te disse…

Quando disse que te amava, não te queria tirar a vida. Quando disse que te amava, não queria que deixasses de viver por mim! Quando disse que te amava, o que eu queria dizer, era que queria passar o resto da minha vida contigo. Que queria, ao amar-te, saber que tinha a tua confiança, para ter a minha vida. Que te amava, para tu teres a tua vida. Para me deixares sair comigo mesmo, ou com aqueles meus amigos e amigas dos tempos da faculdade, sem ter de te dar justificações como que extras. Quando disse que te amava, disse-te que … Continuar a ler Quando te disse…

Gotas da Vida

Todos os dias olho pela janela, desejando estar aí fora… contigo. Desejando poder sentir as gotas de água caírem-me na cara e com elas, lavar todo o meu ser: diluir as minhas mágoas… as minhas tristezas… as minhas desilusões. Fecho os olhos. Estou aí contigo. Sinto-te! Sinto que não estou sozinho. Sinto que estou acompanhado… Não me importando com o facto de me poder molhar, afinal de contas, estou com um amigo, sento-me no chão, abraçando o meu amigo recém-chegado… Aquele que aparece só de vez em quando e que com ele me dá a melhor alegria… a alegria de … Continuar a ler Gotas da Vida

A Caixa da Vida

É geralmente durante a noite… quando o frio me invade e tenho apenas como companhia a escuridão… uma escuridão que, aliada ao meu ser, me faz fechar os olhos e abrir a caixa das recordações. Abro a caixa, abro a caixa com bastante cuidado. Não porque tenho medo, mas sim porque o que guardo lá dentro é o mais precioso que tenho desta vida. É aquilo que me dá calor nas noites frias de inverno, é aquilo que alimenta a minha alegria, é aquilo que faz as minhas alegrias! É aquilo que procuro quando estou sozinho… sozinho na companhia da … Continuar a ler A Caixa da Vida

É como se estivesses a gritar… e ninguém ouvisse… Mas há quem ouça!

Todos temos esses dias… Aqueles dias em que nos sentimos em baixo… aqueles dias em que, ao olharmos para o lado, não vemos ninguém… dias esses que é difícil olhar pela janela da vida e ver, com verdadeiros olhos de ver, aquilo que aconteceu. É difícil! É difícil porque sentimos que nos tiraram o chão. O chão que nos sustentava e nos dava força. O chão onde caminhávamos em direção ao nosso futuro. Mas existem pessoas… existem pessoas que sem mais nem menos aparecem ao nosso lado. Pessoas que nada pedem em troca. Pessoas que ficam ao nosso lado, que … Continuar a ler É como se estivesses a gritar… e ninguém ouvisse… Mas há quem ouça!

“A MÚSICA TOCA, O ARTISTA CANTA, E O SENTIMENTO INSTALA-SE”

A música toca, o artista canta, e o sentimento instala-se. É assim, não é? É sempre assim. Aquela palavra que nos toca, que toca na nossa ferida de uma maneira tão violenta… tão intensa… de uma maneira tão fria. Faz-nos pensar que não estamos verdadeiramente bem. Faz-nos sentir que… faz-nos sentir magoados. Que, afinal de contas, aquilo que pensávamos que não existia, esteve sempre ali. Esteve sempre ali a ser descoberto e redescoberto a cada vez que carregamos no botão play. A cada vez que queremos reviver essa dor na tentativa de reconforto por sabermos que alguém sente aquilo que … Continuar a ler “A MÚSICA TOCA, O ARTISTA CANTA, E O SENTIMENTO INSTALA-SE”