Redescobrir o prazer pela leitura

Ao longo dos últimos anos que me tornei preguiçoso na leitura. Quer fosse pela inclusão da PlayStation, séries – Netflix -, cinema, convivência social e académica na minha vida, o tempo para os livros era curto. Lia e tinha sempre um livro na mesa de cabeceira, mas demorava se fosse preciso entre um a três meses para o acabar. Só no verão, no Algarve, conseguia levar uns quatro livros para a praia e lê-los com alegria. Isto meteu-me a pensar e refletir. Dei-me conta de que estava a perder o prazer na leitura em si, apesar de ler com gosto e vontade.

Continuar a ler “Redescobrir o prazer pela leitura”