A Janela

Dou por mim a olhar pela janela do meu quarto, a pensar o quanto o que vejo diante dos meus olhos, mudou. Não só as árvores, ou a erva que … Continue a ler A Janela

O (meu) teu luar

Nem no verão o frio dos lençóis desaparece. Que a sensação de solidão se abate. Não! E é assim, logo pela manhã, que olho para o meu lado. Aquele em que … Continue a ler O (meu) teu luar

A Co-Piloto

  Há uns meses, nunca pensei estar a sentir esta saudade. Esta nostalgia que me caiu como que de para-quedas, nesta fase da minha vida em que novos projetos me … Continue a ler A Co-Piloto

7 Anos

A semana passada, experimentei algo que, nos meus 22 anos, não sentira ainda… Sabem aquelas amizades que fazemos no Básico, e depois com a entrada para o Secundário, são como … Continue a ler 7 Anos

Malas

Aquilo que precisam de saber de mim é que adoro fazer malas. Acho giro. Talvez não o gosto que muitos estão a pensar. Refiro-me mesmo ao ato em si. O … Continue a ler Malas

Lençóis

A sensação de descanso pairava em mim mesmo quando dei por mim a acordar. Uma noite capaz de fazer inveja a todas as outras que me roubaram o sono de tamanha … Continue a ler Lençóis

Porta-chaves

Crescendo e vivendo na cidade onde nasci, ter um porta-chaves, como via em muitos amigos meus, era raro. Quero com isto dizer que apesar de adorar colecionar todo o tipo de … Continue a ler Porta-chaves

Para ti, minha avó!

Em pequeno era contigo que ficava. Todos os dias. Desde quando abria os meus pequenos olhos castanhos, quando os meus pais me deixavam ao teu cuidado, até ao final desse mesmo … Continue a ler Para ti, minha avó!

Vivências Anormais #14 – Tenho Saudades

Boa tarde, como estão? Pois é, foi com atraso (visto que andei doente) mas hoje tenho já um texto “novo” para vocês !, e já que estava na hora de mais … Continue a ler Vivências Anormais #14 – Tenho Saudades