Será que ler se tornou um luxo?

2019, As Minhas Coisas

Este é, talvez, um tema sensível. Um tema em que me tenho debruçado à medida que me vou apercebendo de certas questões que acontecem no nosso mercado. A verdade é que ler parece que se tornou um luxo para os livros traduzidos. Os preços dos livros são caríssimos. É certo que já não estamos no tempo em que todos os livros eram taxados aos 19€ e os mais conhecidos a passar os 22€. Surgiram novas faixas de preço e que, em muitos livros, parecem condizer com o número de páginas. Porém, tenho-me deparado como em muitos casos, ler é difícil. E vou começar pelos eBooks.


Vendidos 11,8 milhões de livros em Portugal Comercializadas menos 120 mil unidades em 2017. Mas mercado gerou mais dinheiro.*

(*) – Retirado de CM. Link da notícia no final do post.

Há anos que se falam dos eBooks, e há anos que existem dispositivos próprios para a leitura de livros neste formato. Porém, qual a minha surpresa, quando me deparo com eBooks com preços praticamente iguais aos seus gémeos físicos? Foi muito grande. Eram diferenças de dois a três euros. E a pergunta surge: como é que isto é possível? Como é que algo que não está impresso, e que dispensou de parte dos custos do livro físico, pode ter um preço tão elevado? Porque é que não acontece como no mercado americano ou inglês? Bem… verdade seja dita, a resposta está no nosso mercado e no livro físico.

Redescobrir o prazer pela leitura

2019, As Minhas Coisas

Ao longo dos últimos anos que me tornei preguiçoso na leitura. Quer fosse pela inclusão da PlayStation, séries – Netflix -, cinema, convivência social e académica na minha vida, o tempo para os livros era curto. Lia e tinha sempre um livro na mesa de cabeceira, mas demorava se fosse preciso entre um a três meses para o acabar. Só no verão, no Algarve, conseguia levar uns quatro livros para a praia e lê-los com alegria. Isto meteu-me a pensar e refletir. Dei-me conta de que estava a perder o prazer na leitura em si, apesar de ler com gosto e vontade.

Crónica 1ª

2018, Blog, blogs, escrever, escrita, escritor, Exclusivo, jovem autor, jovens escritores, ler, O Cantinho do Ricardo, Ricardo Sousa, Sentimentos, Sentimentos Escritos

Olá 🙂

Não poderia estar mais contente em partilhar convosco, tal como vos disse ontem, a primeira crónica do escritor Ricardo Sousa! Aqui fica, a estreia, do Cantinho do Ricardo:

 

E começamos…

Bem e aqui está ele. O primeiro post para uma série crónica de publicações sobre vários temas. E quem me conhece sabe que sou daquelas pessoas que embora em pessoa sou tímido, na escrita deixo os dedos percorrer o teclado e tomar conta de mim. Por isso, para um primeiro texto, vamos lá deixar as coisas mais curtas e falar exatamente sobre algo que me anima imenso, e a vocês de certeza também: a escrita!

É cliché dizer que a escrita é uma forma de fugir do mundo, mas sabem bem que isso é mais que verdade. Onde estaríamos nós sem o mundo mágico da J.K Rowling ou do J.R.R Tolkein se eles tivessem ficado nos empregos aborrecidos em que estavam? Onde estaríamos nós sem os romances épicos do Fernando Pessoa ou de Luís de Camões se eles tivessem ouvido o que muitos diziam, que era para desistirem? É chato dizer que a literatura é uma arte em declínio, mas isso acaba por ser por nossa culpa e de mais ninguém. É certo que hoje em dia, torna-se mais difícil encontrar algo que realmente nos chama a atenção, mas aí está a beleza da escrita e da literatura! É uma arte; e por si mesmo encontra-se em constante mutação! Não sejam “cortes” e permitam-se a que sejam os livros e as palavras dos milhares de autores, uma pequena luz para vocês. Sejam como eu e muitos antes de mim. Percam-se nas histórias! Apaixonam-se pelas personagens! Refugiam-se! Construam o vosso próprio mundo e nunca deixam que ninguém diga que não vale a pena!

Ricardo Sousa

Feira do Livro de Lisboa 2016

2016, Feira do Livro, Feira do Livro Lisboa, ler, lisboa, livraria, livros, Notícias

Bom dia a todos 😀 ,

Como estão leitores?

Não podia ter ficado mais radiante com o anúncio ontem, quinta-feira, das datas de mais uma Feira do Livro em Lisboa. Por isso, claro que tinha de cá vir partilhar convosco: a Feira irá decorrer de 26 de maio a 13 de junho.

feira do livro

(imagem do site oficial da Feira do Livro de Lisboa)

Sempre uma grande oportunidade para aproveitar e passear no meio das grandes editoras do nosso país e ver os nossos autores favoritos, pedir autógrafos ou, até mesmo, aproveitar alguns descontos especiais característicos destes eventos 🙂 .

Beijos e abraços,

e com votos de muitas leituras…

Diogo