Entrevista à Autora Catarina Oliveira

Quando no início do ano vos falei de novidades para a Conversa Entre Autores não estava a brincar. E aqui está a primeira: ao longo deste primeiro semestre pretendo dar-vos a conhecer alguns dos autores com quem mais tenho contacto e que me ajudaram igualmente na versão 1.0 da rubrica. Posto isto, a entrevista de hoje diz respeito à autora Catarina Oliveira.

Continuar a ler “Entrevista à Autora Catarina Oliveira”

Entrevista ao autor Roy Dias

Quando no início do ano vos falei de novidades para a Conversa Entre Autores não estava a brincar. E aqui está a primeira: ao longo deste primeiro semestre pretendo dar-vos a conhecer alguns dos autores com quem mais tenho contacto e que me ajudaram igualmente na versão 1.0 da rubrica. Posto isto, a entrevista de hoje diz respeito ao autor Roy Dias. Tendo já publicado três livros – dois pela Amazon e em inglês -, e o terceiro em português e pela editora Cordel d´Prata, tê-lo aqui era uma obrigação. E irão perceber o porquê!

Não esperem por algo curto. É uma entrevista diferente, completa e que vos deixará apaixonados pela história, garanto-vos!

Continuar a ler “Entrevista ao autor Roy Dias”

Quando entrevistas não correm como esperado…

É comum os autores expressarem-se melhor com a palavra escrita – ou assim gosto de pensar – do que com a verbal. Há muita coisa sempre em questão e o conforto de um teclado acaba por ser das melhores coisas. Claro que isto vai-se alterando à medida que vamos – que vou – crescendo. Com isto, é comum em entrevistas os nervos aparecerem. Como vamos falar da nossa história? Como a vamos promover quando tudo o que pensámos é na sua essência e no que representa? Como vamos responder a perguntas de inspiração, quando muitas das vezes não temos resposta concreta a essa questão?

Continuar a ler “Quando entrevistas não correm como esperado…”

Crítica “Minutos de Histórias”

    Olá!!! Lembram-se de vos ter falado do concurso Speed Writing e do livro unboxing que fiz? Pois bem, após terminar a leitura deste livro, deixo-vos o que achei das suas 120 páginas.   Aquilo que mais destaco neste livro é, sem dúvida, a capacidade que diferentes autores tiverem em construir histórias em contra relógio, e muitas delas nem por eles começado. Sem dúvida que é fantástico ler como apesar das diferenças, se conseguiu sempre manter a mesma linha de quem iniciava essa narrativa. Todavia, não posso deixar que fiquei desiludido com o género de comédia, sendo que as … Continuar a ler Crítica “Minutos de Histórias”

“O Dia Em Que Chegaste” de Letícia Brito – Review

40247142_2107189392625803_6801564068835491840_o

Quando a Letícia me falou que estava a escrever um novo livro, já ao que parece ser uma eternidade – quando foi no passado ano-, estava mais que entusiasmado. Adorei por completo o seu primeiro romance. Nos Braços do Vagabundo trouxe-me, com a sua leitura, aquela sensação de estar a ler quase um thriller psicológico americano tal era a vivacidade e a maneira como a autora escolhera estruturar a história. Gostei muito!

Face à amizade que surgiu pelas palavras,  tive a sorte de fazer parte do seu grupo de leitores-beta. Dito isto, foram mais as cinco versões que me passaram pelos olhos. Sempre com correções que lhe mandava, ou momentos confusos, ou os típicos erros de digitação que qualquer pessoa comete. Todavia, estava muito longe de imaginar, aquilo que viria a ser o resultado final.

Sei que o facto de ser amigo e colega dela, me torna suspeito aos vossos olhos. Que é quase como se a classificação fosse comprada. Mas garanto-vos, não é! E vou explicar-vos o porquê!

Sinopse

Mónica, Luísa e Martim conhecem-se na adolescência e são forçados a aceitar, desde cedo, que a vida é feita de contrariedades, de amores e desamores, de situações mal resolvidas. Mal eles sabem que as suas histórias estarão interligadas para sempre.
Um grave acidente vem mudar o rumo das suas vidas, reavivando sentimentos que se julgavam perdidos. Este acidente deixa Margarida, uma pequena e inocente criança, órfã. Mas, no meio desta infelicidade, Margarida ganha uma mãe do coração que promete fazer tudo para a ver feliz.
Uma simples reviravolta é capaz de mudar o rumo de várias pessoas, abrindo-lhes as portas para a possibilidade de criarem um novo futuro.

Continuar a ler ““O Dia Em Que Chegaste” de Letícia Brito – Review”