O Caderno do Diogo: Como rever um manuscrito?

Esta é daquelas perguntas que me faço constantemente, especialmente quando estou na reta final de um manuscrito. Muito porque significa que a parte divertida terminou para dar lugar a uma mais minuciosa e aborrecida. Porém, nesta publicação, quero dar-vos pontos chaves a ter em atenção antes de começarem a fazê-lo. Vamos tentar tornar isto mais divertido?

Continuar a ler “O Caderno do Diogo: Como rever um manuscrito?”

As melhores matérias jornalísticas sobre a publicação de livros

Muito vos falo sobre escrita e publicação de livros. Mas da mesma forma que vos dei novos pontos de vistas ao lançar o Apêndice do Diogo, hoje quero dar-vos aquelas peças jornalísticas que falam sobre a temática e de temas importantes. Não são muitas, mas são as minhas favoritas.

Continuar a ler “As melhores matérias jornalísticas sobre a publicação de livros”

Como fazer de 2019 o vosso ano de escrita

O ano já começou e conta já com um mês passado. As festas terminaram e agora, as únicas existentes, são os novos aniversários e datas festivas. Mas com toda esta lufa-lufa, encontram espaço para escrever? Ou para o fazer de forma recorrente e organizada?

Muito do que vos vou falar já referi ou vou referir no Caderno do Diogo, mas quis hoje fazer-vos algo diferente. De vos ajudar no que sei a aproveitar cada dia do ano. Prontos?

Continuar a ler “Como fazer de 2019 o vosso ano de escrita”

O Caderno do Diogo: Escrever com a tristeza

Escrever a nossa história pode ser solitário. Requer muito tempo, talvez até anos. O mesmo para a pesquisa que fazemos. Neste trabalho surgem muitos sentimentos. Quer sejam de alegria, quer de frustração, a tristeza acaba por aparecer. Por tocar, de alguma forma, cada uma destas dimensões.

Mas será que usamos corretamente a tristeza? Que conseguimos canalizar para a escrita?

Continuar a ler “O Caderno do Diogo: Escrever com a tristeza”

Conversa Entre Autores #3 – O Momento de Criação

Olá leitores. Como estão?

Espero que bem. Que o passado mês tenha sido recheado de aventuras e momentos inesquecíveis! Hoje estou aqui para dar continuidade à rubrica começada no passado mês de setembro. E se na sua primeira publicação contei com duas autoras, nesta tenho de agradecer à Paula Araújo, Orquídea Polónia , Letícia Brito, Roy Dias, Sofia Cortez e à Sara Ascensão! Mas que rubrica é esta?

Aliado à leitura, surgem ideias. Ideias como esta que vos estou a apresentar. E que ideia “brilhante” é essa Diogo, que nos queres apresentar?, podem perguntar vocês. Pois bem, és amante da escrita ou tens simplesmente curiosidade no processo de criação de uma história? Tens perguntas que, por vezes, são tudo menos oportunas para um escritor? Ora bem: esta é a rubrica que procuras!

Mensalmente, eu e um conjunto de autores portugueses reuni-mos virtualmente para debater algumas das questões que mais nos afligem no que toca à escrita. Desde ao processo de criação, até àquilo que nos vai na mente quando acabamos de escrever uma história.

Estão assim prontos para a pergunta deste mês?

(tambores)

Continuar a ler “Conversa Entre Autores #3 – O Momento de Criação”