Quando entrevistas não correm como esperado…

É comum os autores expressarem-se melhor com a palavra escrita – ou assim gosto de pensar – do que com a verbal. Há muita coisa sempre em questão e o conforto de um teclado acaba por ser das melhores coisas. Claro que isto vai-se alterando à medida que vamos – que vou – crescendo. Com isto, é comum em entrevistas os nervos aparecerem. Como vamos falar da nossa história? Como a vamos promover quando tudo o que pensámos é na sua essência e no que representa? Como vamos responder a perguntas de inspiração, quando muitas das vezes não temos resposta concreta a essa questão?

Continuar a ler “Quando entrevistas não correm como esperado…”

Conversa entre autores #4 – Os Títulos

Olá leitores. Como estão?

Espero que bem. Que o passado mês tenha sido recheado de memórias e momentos inesquecíveis! Quem sabe até uma preparação para o natal? Hoje estou aqui para dar continuidade à rubrica começada no passado mês de setembro. Na publicação deste mês tenho de agradecer à Paula Araújo, Orquídea Polónia , Letícia Brito, Lauren Lewis e à Ana Ribeiro pela participação! Mas que rubrica é esta?

Aliado à leitura, surgem ideias. Ideias como esta que vos estou a apresentar. E que ideia “brilhante” é essa Diogo, que nos queres apresentar?, podem perguntar vocês. Pois bem, és amante da escrita ou tens simplesmente curiosidade no processo de criação de uma história? Tens perguntas que, por vezes, são tudo menos oportunas para um escritor? Ora bem: esta é a rubrica que procuras!

Mensalmente, eu e um conjunto de autores portugueses reuni-mos virtualmente para debater algumas das questões que mais nos afligem no que toca à escrita. Desde ao processo de criação, até àquilo que nos vai na mente quando acabamos de escrever uma história.

Estão assim prontos para a pergunta deste mês?

Continuar a ler “Conversa entre autores #4 – Os Títulos”