No café…

Encontramo-nos? Naquele café onde te vi pela primeira vez? Onde o teu olhar varria a sala, como se procurasses alguém? Alguém que teimava em não aparecer? Encontramo-nos novamente naquele café? Aquele em que os comboios faziam tanto barulho que julgavas que, na multidão que deles desciam, estivessem que esperavas? Encontramo-nos no café? Na mesa redonda, … Continue a ler No café…