O (meu) teu luar

Nem no verão o frio dos lençóis desaparece. Que a sensação de solidão se abate. Não! E é assim, logo pela manhã, que olho para o meu lado. Aquele em que costumavas dormir, sabes? Que costumavas olhar-me, pela manhã, quando o … Continuar a ler O (meu) teu luar

Quando te disse…

Quando disse que te amava, não te queria tirar a vida. Quando disse que te amava, não queria que deixasses de viver por mim! Quando disse que te amava, o que eu queria dizer, era que queria passar o resto da minha vida contigo. Que queria, ao amar-te, saber que tinha a tua confiança, para ter a minha vida. Que te amava, para tu teres a tua vida. Para me deixares sair comigo mesmo, ou com aqueles meus amigos e amigas dos tempos da faculdade, sem ter de te dar justificações como que extras. Quando disse que te amava, disse-te que … Continuar a ler Quando te disse…