Fui ver o “The World of Hans Zimmer” em Lisboa (Vídeo)

Estamos em agosto de 2018 e é anunciado que dos compositores mais famosos do cinema vem a Portugal a 3 de abril de 2019. A emoção é muita. Rapidamente falo com o meu irmão, com os meus pais e o Ricardo. Há anos que esperamos por algo assim, e a oportunidade não pode falhar. Não sabemos quando voltará a acontecer. Lá compramos os bilhetes, no Algarve, para depois enfrentarmos meses penosos de espera. Os dias, as semanas, os meses passam. Ficamos a conhecer o alinhamento, alguns vídeos, e o álbum fica disponível em março. Mas queríamos era ir. Mas o dia chegou, e conto-vos tudo!

Continuar a ler “Fui ver o “The World of Hans Zimmer” em Lisboa (Vídeo)”

Fui à estreia mundial da 2ª Temp. de ABSENTIA com a Stana Katic (VIDEO)

Se vocês me conhecem bem, e se sabem as minhas séries favoritas, devem estar recordados de como Castle é, sem margem para dúvida, a série que terá sempre o meu coração. Quer pela história, personagens e elenco maravilhoso, foram 5 os anos em que acompanhei a série que fez, há umas semanas, 10 anos desde a primeira emissão. Foi com tristeza que a vi terminar após a oitava temporada, mas isso não deixou os meus atores favoritos no esquecimento. Muito pelo contrário. O Nathan Fillion está agora naquela que é das minhas séries favoritas: The Rookie, e a Satana Katic em Absentia. É desta série que vos vou falar. Ou melhor, de como foi a estreia mundial da segunda temporada com a presença da minha atriz favorita de todos os tempos: STANA KATIC.

Continuar a ler “Fui à estreia mundial da 2ª Temp. de ABSENTIA com a Stana Katic (VIDEO)”

Será que ler se tornou um luxo?

Este é, talvez, um tema sensível. Um tema em que me tenho debruçado à medida que me vou apercebendo de certas questões que acontecem no nosso mercado. A verdade é que ler parece que se tornou um luxo para os livros traduzidos. Os preços dos livros são caríssimos. É certo que já não estamos no tempo em que todos os livros eram taxados aos 19€ e os mais conhecidos a passar os 22€. Surgiram novas faixas de preço e que, em muitos livros, parecem condizer com o número de páginas. Porém, tenho-me deparado como em muitos casos, ler é difícil. E vou começar pelos eBooks.


Vendidos 11,8 milhões de livros em Portugal Comercializadas menos 120 mil unidades em 2017. Mas mercado gerou mais dinheiro.*

(*) – Retirado de CM. Link da notícia no final do post.

Há anos que se falam dos eBooks, e há anos que existem dispositivos próprios para a leitura de livros neste formato. Porém, qual a minha surpresa, quando me deparo com eBooks com preços praticamente iguais aos seus gémeos físicos? Foi muito grande. Eram diferenças de dois a três euros. E a pergunta surge: como é que isto é possível? Como é que algo que não está impresso, e que dispensou de parte dos custos do livro físico, pode ter um preço tão elevado? Porque é que não acontece como no mercado americano ou inglês? Bem… verdade seja dita, a resposta está no nosso mercado e no livro físico.

Continuar a ler “Será que ler se tornou um luxo?”

DIÁRIO DE VIAGEM – O Último Dia (#FOTOPOST)

Já dizem que tudo o que é bom, acaba depressa, não é? Foi assim connosco. Estávamos tristes por o que choveu equivaler a quase dois dias. Conseguimos na mesma passear e conhecer, mas foi sempre diferente. Porém, pela manhã de quarta-feira, algo fantástico aconteceu. Apesar da chuva que nos acordara pela manhã, o céu abriu pelas 10h. Foi maravilhoso e mal pudemos esperar para voltar a percorrer as ruas que no dia anterior tínhamos visto com sol, antes da chuva nos atirar para o hotel.

Quarta-feira, 6 de março – 10h30

As malas já estavam connosco quando estacionamos num parque no centro da cidade. Eram as últimas horas e estava na hora de rever o que nos tinha atraído no dia anterior. Em especial uma loja da Fini, com as suas fantásticas gomas, e percorrer por completo a Rua Príncipe – a rua mais famosa de Vigo.

Continuar a ler “DIÁRIO DE VIAGEM – O Último Dia (#FOTOPOST)”

Diário de Viagem – Dia 1 & 2 (#Fotopost)

Recordar viagens tanto nos pode trazer prazer, como o amargo sabor da saudade. Do que foram aqueles dias passados com os companheiros de viagem. As aventuras, fotografias. Caminhos errados e avisos meteorológicos ignorados. Tudo em prol da descoberta, tal e qual exploradores que somos. Desta forma, e até para perceberem como é que uma viagem pode inspirar um autor, quis dar-vos este Diário de Viagem. Quis chamá-lo de Diário de Bordo, mas queria algo diferente. E aqui está! Assim, ao longo das publicações desta semana, vou dar-vos a conhecer a viagem que fiz entre Porto – Santiago de Compostela – Corunha – Combarro – Vigo. Estão prontos? Preparem-se para horas na estrada, ventos fortes, chuva até dizer chega e muitas, muitas fotografias de momentos memoráveis.

Continuar a ler “Diário de Viagem – Dia 1 & 2 (#Fotopost)”

Socorro, não escrevi nenhum post!

Tenho tido muita sorte, já que me dou conta de que só hoje, a 27 de fevereiro, estou a usar esta ideia. Especialmente quando a tive em dezembro passado. A verdade é que ao começar a escrever isto, quase que caio em gargalhadas. Estou divertido a fazê-lo. E, é sem surpresa, que é esta diversão que ajuda a explicar o que raio é esta publicação.

Continuar a ler “Socorro, não escrevi nenhum post!”

Redescobrir o prazer pela leitura

Ao longo dos últimos anos que me tornei preguiçoso na leitura. Quer fosse pela inclusão da PlayStation, séries – Netflix -, cinema, convivência social e académica na minha vida, o tempo para os livros era curto. Lia e tinha sempre um livro na mesa de cabeceira, mas demorava se fosse preciso entre um a três meses para o acabar. Só no verão, no Algarve, conseguia levar uns quatro livros para a praia e lê-los com alegria. Isto meteu-me a pensar e refletir. Dei-me conta de que estava a perder o prazer na leitura em si, apesar de ler com gosto e vontade.

Continuar a ler “Redescobrir o prazer pela leitura”