1 ano de O Que Nos Magoa

Faz hoje um ano que, na Fnac do Leiria Shopping, lançava o meu terceiro romance: o YA O Que Nos Magoa. Estava longe de imaginar o alcance que iria ter, mas agora, um ano depois, não poderia deixar de agradecer o apoio, carinho e incentivo. Nunca pensei ter, com o meu terceiro livro, leitores a indicarem que passei a fazer parte dos seus autores favoritos ou, até mesmo, de que tinham lido o melhor livro das suas vidas. Sensações e momentos únicos que me levam a falar agora do que aprendi nesta jornada.

Conhecer o público-alvo

Ter uma ideia é algo relativamente fácil. Começar a escrever, também. Porém, se não soubesse o público a que me destinava, facilmente me perdia. Esta foi assim das maiores aprendizagens que fiz nos meses antes de começar a escrever a história. Uma escolha e certeza que me permitiu conhecer as balizas da minha imaginação perante esta história.

Abraçar os leitores

Sempre amei conhecer os meus leitores, mas a história da Francisca e do Daniel, por ter sido tão bem delineada na sua génese desde o início, permitiu-me pensar em diferentes formas de chegar aos meus leitores e de os conhecer e compreender.

Marketing, marketing e mais marketing

O Bater do Coração foi uma aprendizagem excelente. Quatro anos depois, o Esquecido veio confirmar e validar o que sabia e desconhecia. Com O Que Nos Magoa sabia bem o que queria fazer. E agora, pela primeira vez e para ajudar alguns dos autores que me contactam, vou detalhar tudo o que fiz:

  • Quando estava na minha revisão final, comecei a tirar frases e excertos da obra para partilhar.
  • Foi necessário pensar na língua identitária que teria de seguir para as partilhas, quer nas redes sociais, quer no blogue.
  • Tirei diversas fotografias e em diversos cenários para as promoções pagas e publicações das redes sociais.
  • Durante os primeiros seis meses fiz, religiosamente, publicações pagas nas redes sociais. Nos restantes meses as publicações promovidas foram influenciadas por momentos e/ou inventos literários.
  • Ofereci muitos, mas muitos livros (perto de 30) para críticas literárias.
  • Conversei ativamente com a Editora para compreender os diversos estados do stock e análise às vendas.
  • Criei duas séries no blogue para promover a obra.
  • Realizei diretos nas redes sociais para conversar com os leitores e aprofundar temas da história.
  • Investi em publicações para o blogue por forma a criar uma almofada para dar uma oportunidade aos leitores de conhecerem-me.
  • Renovei o blogue e criei novas áreas.

A Editora

Como já referi, em grandes publicações, a relação com a Editora tem de ser de elevada transparência e qualidade. Este percurso não seria possível sem ter um editor que me ouve, que me liga e que me dá do seu tempo a explicar as nuances do mercado literário e dá-me, com o seu conhecimento, capacidade para crescer. O próprio livro, antes de chegar aos leitores, teve influência desta relação. Do diálogo e entusiasmo da capa e de tentarmos algo novo e diferente.

O que aprendi para o futuro?

Estes meses deram-me a certeza de várias coisas, entre elas a importância das redes sociais na esfera literária e que impactam a forma como o mercado editorial se move, assim como a minha vontade em apostar no género YA com temáticas sensíveis da sociedade.

Tudo isto tem outras implicações, como a necessidade de me educar e aprender com aqueles que me conseguem ajudar. Na verdade, 2020 foi o ano em que até investi em compêndios gramaticais e expandi os meus géneros literários e temáticas por forma a dar aos leitores as histórias que merecem.

2 Replies to “1 ano de O Que Nos Magoa”

  1. Olá Diogo,
    Não conhecia seu livro até agora, mas sou brasileira, apaixonada por leitura, morando em Portugal e ainda conhecendo pouco da leitura local. Tenho tentado investir mais em autores portugueses e adorei conhecer essa sua jornada, me deixou cheia de vontade de ler. A capa do seu livro é linda inclusive. Dica mais que anotada!

    Beijo!http://www.amorpelaspaginas.com

    Liked by 1 person

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.