A minha escrita em abril

Abril passou demasiado rápido. Não tive sequer perceção do tempo, especialmente após regressar aos horários laborais. Confesso que tive de fazer um esforço para me lembrar dos objetivos que tinha estabelecido para o mês anterior, algo que me levou a algumas comichões. Mas vamos lá:

O que escrevi em abril?

Em abril voltei a minha atenção para a tese. Tive de restruturar algumas coisas, acrescentar outras e ainda ler novos artigos científicos. A juntar a isto, tive de conciliar a escrita com os horários do trabalho, levando a uma nova ginástica.

E o futuro livro?

O futuro do livro esteve quase que parado, verdade. Só nos últimos dias voltei a debruçar sobre ele – e com algum sucesso. Não obstante a componente prática – escrita -, consegui pensar na parte “teórica”. Consegui delinear mentalmente direções que queria seguir e que surpresas preparar para os leitores. Não foi fácil, mas deixou-me deveras animado para o trabalho dos próximos meses.

O que é certo é que isto leva-me a pensar em estratégias para rentabilizar o meu tempo. Numa altura em que atividades de exterior são ainda um risco, quero tentar ao máximo descansar mentalmente da escrita por forma a conseguir ter uma fonte de inspiração e disposição constante.

Objetivos pessoais

  • Entregar a dissertação;
  • Diminuir a frequência do que é escrito para o blog;
  • Chegar à conclusão da Parte II do próximo livro.

One Reply to “A minha escrita em abril”

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.