Olá, Pegasus.

Quando me mudei para o Porto, no início sentia-me entorpecido. Mesmo dividindo a casa, tinha de descobrir a como não me sentir sozinho (diferente de estar sozinho) com a realidade que tinha à minha frente. Isso rapidamente atenuou, é certo. Quer com a presença familiar de amigos queridos ou colegas, a minha estadia no Porto passou de ser algo considerado de “provisório” para algo mais sério e pensado. Nisto, aconteceu algo. Uma “oportunidade”/aventura/decisão pensada: a de adicionar ao meu “agregado familiar” de deslocado de Leiria, um terceiro elemento. Assim apareceu o Pegasus. Este lindo labrador cruzado com outra espécie por “descobrir” e que foi abandonado em plena noite do seu nascimento: 31 de dezembro de 2019. Confesso que inicialmente estava reticente em embarcar nesta aventura. Foi algo muito pensado e aconselhado pelo Ricardo. Mas após ver este “canininho”, como poderia não ficar indiferente?

Fazendo este parte de uma família de 7, rapidamente ficaram só 6 até me derreter pelos lindos olhos e corpo pequeno do rafeiro. Quase como que num filme, este elemento foi assim acolhido por mim no início de Fevereiro naquele que foi dos dias mais importantes do ano. Não era só o adotar um animal e vir a dar-lhe todo o cuidado e proteção que merecia. Era o assumir uma nova responsabilidade que será e ficará perpetuada para sempre.

Pegasus de nome, tal e qual o cavalo alado de Hércules, é não só um desafio mas uma autêntica aventura. Já sabem como em Leiria tenho o meu lindo Júnior, é certo. Mas atendendo a que este não mora “completamente” connosco, aka: dentro de casa, o Pegasus foi uma estreia absoluta. É assim com ternura e estupidez que o vejo dormir dentro de pantufas, arrastar balanças de uma ponta à outra da sala, até dormir de pernas no ar, morder-me mais do que é normal, assim como a não parar quieto quando quero dormir.

Pegasus e o seu amor por pantufas, parte dois mil.

Ufa…, que canseira. Mas foi mesmo assim a primeira semana, em especial no que toca ao dormir. Agora já fica amigavelmente na sala e espera que a noite passe, assim como me dá a mim e ao Ricardo diversas gargalhadas. Mas isto pode ser uma autêntica preocupação. É a pensar nestes desafios que vos venho dar alguns conselhos ou ideias para quem pensa em ter um cão no seu sagrado apartamento. Alguns dos conselhos são a respeito de Clínicas Veterinárias na zona do Porto, onde os preços conseguem ser amigos dos nossos amigos de quatro patas:

  • Pensa muito bem antes de ter um animal de estimação. Pergunta-te até que ponto estás preparado/a e como é que a tua rotina mundana consegue ajustar-se ao teu futuro novo amigo;
  • Vais estar num apartamento como o meu? Existe muita coisa a pensar, como o ruído, o melhor local para ele e a ração estar, assim como de elementos decorativos que possas ter.

DICA: Poderá ser preciso, ou boa ideia, perceberes se o condomínio permite animais ou até saber/avisar junto dos vizinhos de que terás um novo amigo. Também é importar pensar nos móveis ou tomadas que habitualmente deixamos no chão e merecem agora um novo cuidado e atenção.

  • Ok, passaste os primeiros pontos? É altura de pensar se a nível financeiro estás também pronto/a para as primeiras vacinas e cuidados a ter. Quer em medicação, quer em eventuais camas, cobertores e primeiros brinquedos:

DICA: Apesar da seleção do Continente nem sempre ser grande no que toca a camas, têm boas apostas e até promoções muito boas. Quanto a mantas, esqueçam as próprias para animais (aka: em tamanho). Mantas “normais” conseguem ficar mais baratas que as vendidas com “selo animal”.

  • A ração também é algo importante e a pensar. Nem sempre a anunciada na televisão é das melhores por conter mais cereais que carne ou peixe em si. Procurem assim marcas que tornem isto claro ou perguntem em lojas de animais;

DICA: A minha loja de animais favorita passou a ser a Kiwoko. É localizada perto do Mar Shopping. Tem uma variedade enorme de marcas e produtos, quer alimentares, quer de tratamento e divertimento.

  • Encontrar um local para a saúde do nosso animal é importante, e foi assim que falei com amigos e conhecidos para estar mais descansado. É algo importante, especialmente pelas vacinas obrigatórias antes de ir à rua ou dos primeiros banhos, assim como da colocação do chip;

DICA: Por intermédio dos padrinhos do Pegasus, descobri a Sociedade Protectora dos Animais do Porto. Fica localizada nas imediações do Estádio do Dragão e deu-me os seguintes preços: 2,5€ para comprimido desparasitante, 1€ para Boletin, 15€ para primeira e segunda vacina, em que a última contra a raiva tem já o custo de 20€. O chip também tem o custo de 20€ e é colocado até ao terceiro mês. Algo sempre importante é meterem o vosso número de contribuinte para deduções em IRS quando aplicável – Nova proposta aprovada este ano | Já em vigor.

  • Fazer necessidades em carpetes é bastante comum quando os animais chegam. A pensar nisto, é boa ideia ou comprar toalhitas que delimitem o espaço no chão para o vosso animal, ou comprar removedores de nódoas.

DICA: O IKEA tem um produto fantástico para remover estas manchas. Já no que toca às “toalhitas” podem procurar as com adesivo para colar ou chão ou ainda sprays existentes para indicar a área ao animal.

Espero que estas dicas vos tenham ajudado. Por mais que algumas sejam quase que de senso comum, é importante saber e lembrar que ao tomarmos uma responsabilidade, temos de a assumir igualmente em nós.

O Pegasus é só lindo, e mal posso esperar para continuar a partilhar mais da vida com ele.

4 Replies to “Olá, Pegasus.”

  1. É tão giro. =)

    É o máximo ter um companheiro de 4 patas as traquinices divertem-nos. No ano passado uma gata trouxe os gatinhos para o meu jardim. Foi tão giro vê-los mamar e crescer e depois divertir-me a vê-los subir as árvores. Era um espectáculo.

    Beijinhos.

    Liked by 1 person

Deixe uma Resposta para Diogo Simões Cancelar resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.