Vaguear na minha cidade pelo natal

Foi no fim de semana de 14 e 15 de dezembro, que ao apresentar o meu novo livro em Leiria, consegui matar saudades do que era olhar para a cidade que me viu crescer. Não fosse só este momento especial, acontece ainda que a história se passa, na verdade, em Leiria. Foi assim, entre amigos e num ambiente natalício, que encontrei uma cidade próspera, alegre. A felicidade pairava no ar, e nem o frio afastou-me de voltar a sentir em casa.

Perceber como os leirienses saíram das suas casas para passar uma noite recheada de partilha, luzes, felicidade e humanidade, tornou ainda mais especial este encontro. O município tem em igualmente levado a cabo boas iniciativas, tendo inclusive aumentado a famosa pista de gelo, no Mercado Sant´ana. A Fonte Luminosa não se deixou ficar esquecida, tendo agora uma bola gigante e com espetáculo multimédia a ocorrer todas as noites.

Desde que comecei a trabalhar, em setembro, sentir-me em paz na minha própria cidade torna-se sempre alvo de ansiedade. Saber que lá passarei tão pouco tempo é motivo de estar sempre atento às horas, algo que neste fim de semana foi diferente. Foi o sentir que o culminar de um ano se realizou, tendo comigo familiares e amigos para me apoiar em cada etapa. Foi assim, sem surpresa, que voltar ao ziguezague das ruas, se revelou no reencontrar uma paz de espírito há muito esquecida.

Melancolia à parte, quero agora saber: como é na vossa cidade? Quais os sentimentos que encontram ao vaguear pelas ruas iluminadas?

One Reply to “Vaguear na minha cidade pelo natal”

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.