História foi tudo o que me deixaste – Adam Silvera

Foi em março que vos contei da minha experiência ao ler Adam Silvera ( They Both Died at the End), num livro que foi no passado mês publicado em Portugal. A tradução não foi das melhores, pelo que vi, porém, se estás a ler isto espero que dês uma oportunidade à escrita original do autor neste que foi o seu segundo livro.

Capa por SIMON & SCHUSTER LTD

History Is All You Left Me foi uma jornada tremenda sobre primeiros amores, primeiras vezes, a importância de assumir a orientação sexual, o lidar com as perdas e da importância de conseguirmos olhar para o futuro e respeitar as memórias de quem partiu. A escrita do autor foi fabulosa, apesar de por vezes sentir necessidade de obter mais detalhes de um determinado momento. Porém, quando esta escrita fluída se articula com a história de um adolescente, que para além de ter distúrbios comportamentais se vê obrigado com a perda do que foi o seu primeiro namorado – mesmo que este esteja já numa outra relação, mesmo amando-o – torna a história fabulosa.

Confesso que raramente sabia o que estava para acontecer e na forma como a história iria acabar. Na verdade, o autor foi bastante engenhoso na forma como alternou entre o presente e “a história” aka passado. Não só as revelações foram acontecendo de forma natural e em concordância com o psicológico da personagem, como alimentaram a narrativa de uma forma nem sempre habitual.

A personagem principal, o Griffin é adorável, assim como todos os elementos da história, quer desde o Theo, quer ao Wade, Jaquesson, e pais das personagens. Existe toda uma atmosfera rica em histórias e que dão um fôlego ao propósito da mensagem. Nem sempre a achei perfeita – nomeadamente com alguma falta de detalhes, mas algo subjectivo a qualquer um – mas a forma como consciencializa para a perda e o que é a morte para um adolescente e o saber lidar com o que é o amor, levou-me a que nunca esquecesse esta história. Sem dúvida que História foi tudo o que me deixou… Não só pelo clima que vivemos na sociedade de relações tóxicas ou incompreendidas, como na importância dos nossos amigos, familiares e também profissionais de saúde.

Bertrand

One Reply to “História foi tudo o que me deixaste – Adam Silvera”

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.