O (Dia do) Pai

2019, As Minhas Coisas

As mães têm, em muitos casos, o grande destaque na vida de qualquer pessoa. São elas que nos geram, amamentam. Mas e os pais? Será que não merecem esse destaque? Merecem, e muito! E vou dizer-vos o porquê de amar tanto o meu pai, mesmo quando acho que as palavras o dizem melhor que um gesto verbal.

O meu pai é careca, e muito provavelmente, fruto da genética, também o serei, mas não me importo. Não me importo porque o meu pai me ensinou a acreditar em mim. A lutar por o que quero. Me ensinou a sorrir, e de que é importante sermos verdadeiros connosco. A seguir o que quiser na Educação e se quiser mais, ele estará lá. A apoiar e contribuir da forma que conseguir. Ensinou-me trabalhos manuais, e a aguentar com dores de costas para carregarmos com paletes de madeira, ou objetos decorativos em nome da família e do reutilizar. Tem uma grande imaginação, e uma letra artística, que me faz esperar por um dia também a ter. Tem uma bela gargalhada, e olhos, e um olhar atento e crítico à sociedade. É humorista e com uma paciência infindável. O mesmo para a calma que emana, que transbordou para os seus descendentes. É que amansa a mãe e ajuda sempre que preciso de ir a algum lado e é com entusiasmo que espera ouvir sempre o que aconteceu e o que mais gostei.

Foi quem me construiu uma casa de madeira e, mais tarde, me ensinou a cortar a relva e lavar o carro com o cuidado necessário. Foi igualmente quem me deu força na condução para que não desistisse e de que errar era também bom. Era certo para aprender.

Deu-me o amor pelo cinema, e por colecionar os filmes que mais gosto para mais tarde recordar. A estimar as coisas. Sou fã da Guerra das Estrelas por causa dele, assim como do Alien e Indiana Jones. A fotografia o mesmo. Cresci a vê-lo fotografar o mundo, e hoje, de forma inesperada, também o faço. Ainda não tão bem como o seu olhar experiente, mas sou eu próprio.

Tenho muita sorte no meu pai. Mas há famílias em que isso não acontece. Em que o pai é substituído por um avô, irmão, amigo, ou até técnico de uma instituição. E isso está também certo. É também válido. A sociedade muda. Todos os dias. Temos novas famílias, e é no acreditar que o amor e cuidado com o próximo é mais importante, que o amor que recebo e procuro dar, sensibilize nos meus livros para realidades diferentes. Que merecem a nossa atenção, respeito e, em casos graves, ajuda.

Desta forma, neste dia do pai, agarra quem te protege, cuida, eleva, faz sorrir, e memoriza esse momento. Gesto. Memória.

Feliz dia do pai. Que seja todos os dias!

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.