Capitã MARVEL – O 1º Filme da MARVEL protagonizado por uma mulher

Estamos em março, no mês do dia da mulher. Num mês igualmente sombrio pelo acentuar de notícias sobre a violência doméstica sobre mulheres, com contornos bizarros a serem postos a público a cada notícia. Este é um tema do qual me tenho debruçado imenso. Que me tem acompanhado desde a licenciatura até o agora. Parece que nada mudou, que só piorou, é certo. Porém, pequenas mudanças vão acontecendo. Mudanças que acredito que ajudam a dar o protagonismo que a Mulher merece por tudo aquilo que consegue.

Peço desculpa, desde já, por estar a tocar em assuntos sensíveis e estar a compará-los com um filme. Mas, sendo sincero, acho que é preciso. Especialmente porque ainda há países onde as mulheres vivem sem direitos, com medo, com salários desiguais “ou simplesmente” com receio de serem mulheres por meio das suas oportunidades e segurança. Uma vez que somente 10% dos filmes da Marvel reproduziram cenas com mulheres, a importância deste filme (assim como todos os outros que se têm feito), assumem papéis importantes naquilo que é o consumo do audiovisual e que se pode traduzir para eventos de cultura POP e ajudar na desmistificação de muitas questões ligadas às desigualdades sociais existentes entre sexos. Como a Capitã Marvel saiu na quarta, era mais que justificado pegar nele. Contudo, o título em si é já traiçoeiro. E porquê? Porque em Portugal achou-se por bem traduzir Captain Marvel para Capitão Marvel. Pessoalmente, não acho correto. Não só se demonstra um desconhecimento da língua inglesa – que não atribui género – como é desrespeitador para o tema do filme e para o paradigma cultura que pretende transformar.

Distanciando-me agora do erro grosseiro do título, do qual já tentei saber algo junto da NOS Audiovisuais, ele é fantástico. Os trailers não me tinham convencido por completo, mas a atuação da Brie Larson é simplesmente fabulosa. A sua personagem é divertida, intensa. Quer descobrir quem é mas de uma forma nova, e humana: o saber levantar-se após cada queda/derrota e que faz deste filme uma autêntica surpresa em que o poder feminino é sentido do início ao fim.

Estando este filme ligado ao arco cinematográfico da MARVEL, são imensas as referências aos filmes passados e que nos deixam ainda com mais perguntas do que respostas. Sabendo nós o que aconteceu em Vingadores – Guerra Infinita e os apuros em que o mundo e as personagens que tanto amamos se encontram, ver uma personagem tão carismática e diferenciadora das outras, é como que uma lufada de ar fresco neste universo. Quando pensamos nisto aliada à dimensão de vilões mais complexos e a repressão que muitos povos ou culturas vivem na nossa vida real, é como que testemunhar o casamento entre este filme e o Pantera Negra.

A história, aliada a efeitos especiais, assim como aos visuais – uma vez que é um filme que retrata uma época passada-, faz-nos distanciar em parte das histórias contadas agora no presente. Em especial quando voltamos a reencontrar o Fury ou o agente Coulson – este infelizmente com uma presença reduzida. Porém, deste arco, temos o que foi o começo da iniciativa Vingadores e de como o mundo mudou ao longo dos anos. Deu-me praticamente vontade de ver todos os filmes novamente.

Em suma, foi um filme que me deixou feliz com a direção que a MARVEL está a seguir, assim como à história de fundo das diversas personagens e ligadas à Capitã Marvel. A haver pontos negativos, referia a banda sonora. Achei-a muito semelhante aos filmes passados e com uma reciclagem mal feita, para ser sincero.

Mal posso esperar para a ver em futuros filmes e espero, seriamente, ver uma sequela do filme e de ter a personagens em futuros filmes de Vingadores.

Antes de terminar, tenho ainda de revelar como foi comovente o tributo no início do filme, ao Stan Lee, assim como à sua participação especial. Tenho a certeza absoluta de que ficaria orgulhoso!

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.