Uma sociedade quadrada

Escrevo-vos esta publicação após ter vislumbrado pela minha linha cronológica do Facebook, mais um trailer de filme que está quadrado. Sim, um quadrado, tal e qual o caminho que a nossa sociedade cada vez mais percorre.

Para muitos isto pode não fazer confusão, mas se vocês forem comparar o trailer quadrado, com o trailer original, vão dar-se conta de como este último tem muito mais detalhes e cenas escondidas que o redimensionado. E é por isto que vos escrevo esta publicação. Será que estamos também nós a ficar uma sociedade quadrada? Uma que não se importa de olhar para os lados para perceber o resto? Para ter uma visão do “quadro todo”, da “situação toda”? Será que só interessa o que temos à nossa frente, qual burro, sem nos interrogarmos com o resto?

Eu acredito que sim, infelizmente. Bem sei que estes conteúdos quadrados se devem à popularização da rede Instagram, mas será que é correto aplicá-lo a tudo? Aplicar a todas as dimensões da nossa vida e convivência? E as cenas que ficam nas margens? As pessoas que não vivem no centro? Também não merecem o seu destaque, opinião, voz?

Adorava saber o que acham disto. Até que ponto as redes sociais influenciam a forma como consumimos conteúdo e de como isso afeta também a nossa própria existência social e convivência com os outros e, sobretudo, para os outros.

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.