A. Melhor. Animação. De.Sempre!

Podem pensar que estou a exagerar. Ou então que devo ter visto algum filme nunca antes visto. Acontece que quando se junta o meu super-herói favorito com um estilo novo, único e diferente de animação, sem dúvida que se torna algo memorável.

Quando comecei a ver os trailers do Homem-Aranha: No Universo Aranha, todo o meu corpo vibrava. Não, não tinha sido picado por uma aranha, mas a proposta era tão apelativa que não consegui não ir ver. O filme, lançado em dezembro passado, não nos traz uma repetida história de origem. Nada disso! Temos sim a adaptação de várias comics deste Universo Aranha e que trazem para a tela do cinema aquele que é, sem margem para dúvida, dos melhores filmes do aracnídeo.

Parte disto deve-se não só à história que nos lembra o porquê do Homem-Aranha ser dos super-heróis mais amados, como pela animação. Parece que estamos a ver uma autêntica banda desenhada. Quer seja pelo desenho das personagens, das cenas, dos sons, dos cheiros, das passagens de tempo. Até dos próprios pensamentos! Foi sem dúvida um avanço sentido por parte da tecnologia da animação e que serviu como uma luva para contar a história do Miles Morales.

A imponência do vilão do filme é surreal. Parece que transitou diretamente das páginas de uma banda desenhada. As personagens o mesmo, com histórias que nos fazem refletir e pensar que qualquer um de nós pode ser “um homem-aranha”.

Já devem ter percebido o quanto amei o filme. Todavia, como vi em versão dobrada (em Leiria não tinham a versão original), confesso que houve duas falas que não achei tão bem enquadradas. Com isto não sei se culpo o argumento ou a direção de dobragem. Apesar disso as mensagens da história passaram e foi com delícia que vi, cada uma das personagens, crescer diante dos meus olhos. A banda sonora é igualmente intensa e dá ainda mais cor a cenas tão bem desenhadas e detalhadas em pormenores e referências aos filmes de carne e osso passados. Algo que me deixou em lágrimas foi a aparição do falecido Stan Lee – pai do Homem-Aranha-, assim como da homenagem pós créditos ao mesmo. Tenho a certeza absoluta que ficaria orgulhoso deste trabalho tanto quanto o público. Mal posso esperar pela continuação, assim como do filme focado na Spider-Gwen!

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.