Outubro

DSCPDC_0003_BURST20181001165059096_COVERE chegou mais um mês de 31 dias em que, apesar das 24 horas a mais, parece que o tempo continuará a não chegar!

E é a verdade! Neste mês de setembro dei por mim a dividir as minhas 24 horas entre leituras, tempo no blog, projetos próprios dos quais não vos posso ainda falar, bem como voluntariado, uma Sociedade que surgiu e que irei falar dela quando for oportuno, e uma tese! Sim, leram bem: uma tese!

Provavelmente muitos vão achar algo super banal, ou esperado para um mestrado. Contudo, quando me inscrevi no Instituto de Serviço Social do Porto, tive sempre em mente realizar no último ano, um estágio. E porquê? Porque o mercado de trabalho o parece exigir. E não só ele, mas eu também.

Quando saímos da licenciatura temos sempre todos os sonhos do mundo. Que vai ser tudo fácil, rápido. Que iremos encontrar logo um bom emprego, que conseguiremos sair da casa dos nossos pais para, anos mais tarde, termos já a nossa família composta. Pronta para qualquer aventura que esteja ao virar da esquina. Todavia, se existe curso que nos prepara para a realidade da nossa sociedade e nos ajuda a refletir sobre a mesma, é a licenciatura de Serviço Social, assim como o mestrado em que estou.

Quando procuramos um emprego na área (porque sim, existe emprego!), aquilo que pedem sempre como requisito é mais do que dois anos de experiência. É certo que se somos bons, conseguimos entrar. Todavia, quando temos centenas de profissionais a concorrer, isso torna-se difícil. Tendo eu na minha licenciatura somente um estágio, tinha e tenho consciência da minha falta de conhecimento para algum do trabalho na área. E porquê? Porque é vasta. Tanto podemos estar numa Câmara Municipal, como numa Escola, Estabelecimento Prisional, Lar, Centro de Acolhimento, Instituições da Área Social, Empresas, etc. Claro que por isto mesmo temos de estar sempre em formação. Termos a vontade de mesmo após a licenciatura, lermos. Estarmos ocorrentes das notícias da atualidade. Até podemos ser muito bons. Termos só um estágio, mas muitas ideias para dar aos outros e trabalhar com os outros. Mas a partir do momento em que somos atirados a um canto por um currículo, o caso muda de figura. Por isso sempre sonhei com um estágio. Acontece que o meu projeto, envolvendo a escrita, acaba por ser muito complexo para o tempo efetivo do estágio. Posto isto, a única solução é uma tese. Porquê? Pois permite-me trabalhar igualmente na área, num regime diferente claro, mas recolher dados, conhecer jovens, estar com eles, conviver e “viver” com eles. Claro que o tempo é o mesmo…, mas quando os próprios estágios no nosso país são igualmente complicados, confesso que a ideia de uma tese cada vez me anima mais! Por acreditar que o trabalho feito entre mim, orientadores e jovens, possa ter mais frutos do que se estivesse num estágio que me iria prender antes com o trabalho da instituição e me impedisse de trabalhar a tempo inteiro na re-socialização dos jovens.

41895211_1746213215484785_722273285684854784_o

Ainda a dividir o tempo no mês de setembro, consegui participar no evento 4º Encontro de Booktubers, Bookstagrammers, Bloggers & Novos Autores. Este evento inserido na Feira do Livro do Porto permitiu-me não só conhecer o trabalho de novos autores, como daquele que é feito pelos Booktubers e Bookstagrammers que é cada vez mais crescente no nosso país. Foi sem dúvida uma ótima tarde de conversa, passatempos e conversas memoráveis.

Claro está que não poderia de deixar de falar de alguns eventos que marcaram esses primeiros quinze dias do mês. E do que vos falo? Pois bem, para começar, está o lançamento do segundo livro da Letícia Brito. E que livro! Não só estive presente no lançamento onde li um excerto do mesmo, como no dia a seguir publiquei a minha crítica ao mesmo.

41665329_1945750185488734_6043447146466770944_o

Como no início deste mês estreei a rubrica mensal “Conversa Entre Autores” (cujo segundo capítulo nesta colectânea sairá na primeira quinzena), quis aproveitar este lançamento da Letícia para gravar uma entrevista com a autora, e que se enquadrasse no tema das conversas. Lembram-se dela?

 

DSC_0601

Adorei imenso conhecer finalmente esta autora, assim como partilhar com ela este momento tão especial naquela que foi a sua primeira sessão de autógrafos após o lançamento, do seu segundo livro. Algo que não posso esquecer, claro está, foi o meu “Esquecido”. Ele também esteve presente na Feira, logo no seu primeiro fim-de-semana, com o seu stock quase esgotado para o seu primeiro dia. E que dia! Memorável, inesquecível!, em que conhecei o Sr. Presidente da República!

Por falar em Esquecido, também vos dei um vídeo sobre como foi a sua escrita. Desafiante define bem os anos da sua criação, pelo que vos deixo o vídeo para compreenderem melhor do que falo:

 

 

Sem dúvida que foi um mês… intenso! Sem dúvida! E assustador, não fosse a minha crítica ao filme The Nun. Poderia também pensar que não teria tempo para ler. Todavia, tenho de revelar que estou surpreso por ter conseguido ler quatro livros. Sim! Acreditem, para um mês de setembro, é imenso para mim. Assim, para além do livro da Letícia, li A Vingança Serve-se Quente e All Your Perfects! Outro dos livros é Minutos de História. Aquele em que fiz um book-unboxing, lembram-se? A sua crítica está prestes a chegar, prometo! E ufa! Que mês!

Confesso que me entusiasmou muito e não retirava nada dele! Na verdade, as visitas e visitantes foi muito mas muito superior aos do mês de agosto. Não poderia por isso estar mais grato. A ajudar, está também o regresso da rubrica Ctrl + C <> Ctrl + V, a chegar ao fim neste mês! É verdade! Tenho de vos revelar que me sinto triste. Foi uma rubrica que trouxe uma alma a este blog que até então não tinha sido possível dar. Chegará ao fim, é certo, mas prometo que estou a trabalhar em algumas alternativas para tomarem o lugar destes textos tão acarinhados por vocês. Por isso, a vocês, muito muito obrigado!

Ctrl + C __ Ctrl+V

Para fechar esta extensa publicação, revelo-vos que a rubrica do Ricardo estreia finalmente este mês. Estou super animado e mal posso esperar para que possam ler! Posto isto, despeço-me de vocês e venha mais um mês cheio de desafios!

Beijos e abraços,

Diogo

2 pensamentos sobre “Outubro

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.