Carta de Laura

A nossa Laura andou inspirada com esta música… estão agora curiosos para saber o que é?

(ATENÇÃO!: A CARTA PODE CONTER SPOILERS)

Olá Avó Van,

Devo confessar-lhe que começar a escrever esta carta foi uma aventura, principalmente pelas saudades que começam a apertar pela minha ausência ao longo deste mês (apesar do seu incentivo em vir passar este mês com os meus pais). Foi mesmo sobre esse tema que eu e o Chris estávamos a falar quando ele me sugeriu que eu lhe escrevesse. Sabe como ele e as palavras têm uma relação íntima, pelo que me sugeriu que tentasse…

Parece-me importante referir a passagem do tempo dada a distância que nos separou e me impediu de estar consigo. Aqui as ruas já estão enfeitadas, não muito, mas já dá para que a alegria encha os nossos corações. Vejo essa mesma alegria no meu irmão, não só quando se junta às outras crianças a brincar pela rua, mas também em casa. Nestes quinze dias a escola deixou de ser tema de conversa para dar lugar a temas como as prendas que ele quer receber, ou para falar da ceia da véspera de natal. Ele é como eu: adoramos esta quadra.

Mas o tempo também passa por mim… Nem acredito que já passou praticamente meio ano desde aquela tragédia. Confesso-lhe que às vezes, durante a noite, ainda choro silenciosamente por eles. Ao sair à rua e ver as luzes de natal só me faz lembrar da alegria que reinava na nossa casa, do conforto dos lençóis da minha cama, ou mesmo do gesto da minha mãe, em me trazer chocolate quente à cama. Acredita que só agora me lembro disto? Deste “pequeno” gesto? O Chris apanhou-me a chorar umas duas vezes… Disse-me que também lhe acontece o mesmo ao pensar no irmão, na alegria que tinha dado à família. Ele está bem, já agora, o Chris. Fomos à Avenida Champs-Élyséesa a semana passada passear e comprar as prendas de natal. Gostava que tivesse visto as iluminações daquela avenida. Vão até ao Arco do Triunfo e é mesmo algo para se ficar a contemplar pelo resto da noite. Estou igualmente radiante pelo namorado que arranjei já que a paciência dele para me acompanhar na tarefa tão difícil que é escolher roupa ultrapassa qualquer coisa. Tirei uma fotografia que lhe vou mandar junto com esta carta, com a esperança de vir aqui consigo ainda este ano… A Nicole também tem estado comigo sempre que o David  a consiga cá trazer. E ontem? Ontem esteve cá a ajudar-nos a decorar a árvore de natal. Acredita que ela apanhou de propósito o TGV para ir a Londres comprar decorações de natal? Nem imagina a cara do Daniele quando soube, caso para dizer que ficou “piurso”.

Conhecer a minha mãe tem sido das melhores coisas que me aconteceu e de desconhecidas passamos rapidamente a ser amigas e, quando nos encontramos na sala a meio da noite para ver aqueles filmes que agora passam da época natalícia, trocamos as nossas confidências e, a pouco e pouco, nos vamos aproximando.

Conhecer o seu marido tem também sido algo bastante bom. Passámos de momentos constrangedores de silêncio, para conversas sem fim. Acredito (e espero que assim seja) que não será difícil chamar-lhe de pai…

Não consigo imaginar como está a ser para si este mês. O natal é sempre sinónimo de família, e acredito que perder um filho não seja fácil… O que aprendi este ano é que o tempo, é, realmente, o nosso melhor amigo. Não me esqueci do passado, não, até penso que ele está mais presente em mim. Parece que me liguei mais a ele. Será que isto é sequer possível? Mas sinto-me bem… a tristeza que tinha escondida em mim pareceu desaparecer. Apenas guardo as coisas boas e as essenciais que me fazem ser que eu sou.

Vejo que me alonguei… o Chris tinha mesmo razão… Eu sei que ele continua ir ai a casa e ajudá-la com as coisas todas, só espero que ele não lhe tenha contado nada das minhas intenções, para não estragar a surpresa: Quero assim convidar a melhor avó do mundo para passar o natal connosco. A minha mãe ficou radiante com a ideia de a conhecer e, para mim, significaria o mundo ter as duas mulheres mais importantes da minha vida na mesma casa.

É já de lágrimas nos olhos que me despeço, com a promessa de conseguir agora conciliar mais esta minha nova vida.

Muitos beijinhos,

Laura

P.S.: Ficarei dia e noite ao pé do correio à espera de uma resposta sua!

champs-elysees-no-Natal-1024x634

Comenta aqui

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google photo

Está a comentar usando a sua conta Google Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.